quinta-feira, 18 de março de 2010

Kampfzeit: Os Tempos de Luta, 1920


A primeira foto conhecida da Blutfahne, tirada em Tegernsee, Baviera, em 1920, um anos após a fundação do Partido.

Kampfzeit, ou Tempos de Luta, é como os Nacional-Socialistas alemães nomearam o período de conquista ao poder, de sua fundação, como DAP (Deutscher Arbeiterpartei), em 1919, até a subida de Hitler ao poder, em 1933.

A seguir, vai um um pedaço de Nacional-Socialismo radical e original, um trecho selecionado dos 25 Pontos do NSDAP, adaptados dos austríacos e redigidos por Adolf Hitler, Gottfried Feder, Anton Drexler e Dietrich Eckart e proclamados oficialmente em 24 de fevereiro, de 1920, em Munique:

“Por isso exigimos:

11. A abolição do dinheiro obtido sem trabalho e sem esforço.

12. Em vista dos enormes sacrifícios de bens que toda guerra exige do Povo, o enriquecimento pessoal na guerra deve ser qualificado como crime contra o Povo. Exigimos, portanto, o confisco de todos os lucros de guerra.

13. Exigimos a nacionalização de todas as empresas monopolistas.

14. Exigimos a participação nos lucros das grandes empresas.

15. Exigimos uma ampliação generosa da assistência social aos idosos

17. Exigimos uma reforma agrária adaptada às nossas necessidades nacionais; a criação de uma lei para a expropriação gratuita de terras para fins de bem comum. Abolição do interesse agrário e impossibilitar toda especulação com a terra.

18. Exigimos a luta implacável contra aqueles que com sua atividade prejudicam o interesse comum. Os criminosos do povo, os gananciosos, os especuladores, etc. serão punidos com a pena de morte, sem distinção por sua religião ou raça.

19. Exigimos a substituição do direito romano que serve a ordem mundial materialista por um Direito Comunitário alemão

(...)

O Interesse comum vem antes do interesse particular!”

90 anos depois

Nenhum comentário:

Postar um comentário