quarta-feira, 31 de março de 2010

Hitlerismo & Strasserismo

Adolf Hitler & Gregor Strasser

Poucos negariam que Hitlerismo - isto é, a expressão única de Nacional-Socialismo estabelecida por Adolf Hitler- seja a mais proeminente variação de Nacional-Socialismo na história. Antes de eu explicar as características distintivas de NS Hitleriano, irei brevemente descrever as origens do NSDAP e a associação de Hitler com o Partido.

Anton Drexler, que se identificava como socialista, fundou o Partido dos Socialistas Alemães (DAP) em 1919, no princípio de estabelecer um partido que também fosse de natureza nacionalista. Depois de certa hesitação, e de ler e aprovar o panfleto de Drexler 'Meu Despertar Político', Adolf Hitler entrou para o Partido, em setembro de 1919, tornando-se o 55º membro e o 7º membro do comitê executivo do Partido.

Logo depois disso, Hitler sugeriu que mudassem o nome do Partido para Partido Social Revolucionário, mas, em fevereiro de 1920, o Partido dos Trabalhadores Alemães mudou seu nome para Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães. Em 1921, Adolf Hitler basicamente tornou-se o líder indisputável do partido, e em 1923, Drexler havia resignado do NSDAP.

HITLERISMO distingue-se por um número de características:

*Führerprinzip
: Basicamente, a vontade política da nação é incorporada no Führer, abolindo a maioria das formas de democracia. (NdT: Independente das intenções ou ética do líder, ele continua sendo capaz e no direito de fazer o que bem entender. Essas são a característica de uma ditadura totalitária, independentemente do nível de apoio popular).

*Pan-Germanismo: A noção de que todas as pessoas de ascendência germânica deveriam ser unificadas sob um Reich Alemão.

*Lebensraum: Hitler acreditava que a Alemanha não possuía o espaço vital necessário para a população extra do Reich e criou uma teoria expansionista da qual germânicos povoariam o leste europeu. (NdT: Os programas do Reich de incentivo à maternidade não eram nenhum segredo, o que significa que a intenção era exatamente a de aumentar a população alemã e ‘limpar’ os eslavos do caminho para o repovoamento no leste).

*Eugenia: De acordo com as crenças racistas de Hitler, o Terceiro Reich implementou leis para o desenvolvimento da raça. O NSDAP também passou leis proibindo a miscigenação (as Leis de Nuremberg).

*Dirigismo: Adolf Hitler manteve a propriedade privada da maioria das empresas, sob a estrita condição de que o Estado regulasse esses negócios de acordo com os interesses coletivos da nação. Tais regulamentos incluíam controle de preços, controle de salários, segurança de trabalho, controle de investimento, restrições aos dividendos, cotas de produção e comércio dirigido pelo Estado.

O banco central da Alemanha foi nacionalizado, assim como as companhias que não seguiram as ordens do Estado. A maior empresa estatal da Europa também foi estabelecida no Terceiro Reich: Reichswerke-Hermann Göring.

*Bem-estar Social: Além das obvias características socialistas dentro da direção do Terceiro Reich, o regime de Hitler também implementou diversas medidas de bem-estar social. Foi iniciado um plano de saúde socializado, com uma cobertura expandida a todos os cidadãos alemães; projetos públicos foram criados para combater o desemprego; o seguro social foi expandido, casas de baixo custo foram construídas para o proletariado alemão, com 1.458.128 unidades sendo construídas entre 1933-37; empréstimos generosos, isenção de impostos e serviços sociais foram dados às famílias alemãs; a iniciativa Kraft durch Freude (NdT.: Força pela Alegria) ofereceu férias pagas para todos os trabalhadores alemães, assim como eventos culturais; etc. Para mais informação, leia Os Primeiros Anos do Terceiro Reich, de Leon Degrelle.

STRASSERISMO

Gregor Strasser entrou para o NSDAP em 1921, com seu irmão mais novo, Otto, entrando em 1925. Ambos os irmãos, juntos com camaradas do partido como Joseph Goebbels, delinearam uma corrente ideológica dentro do NSDAP que diferenciava das políticas moderadas favorecidas por Hitler e das teorias monetárias promovidas por Gottfried Feder.

O Nacional-Socialismo dos irmãos Strasser contém as seguintes características:

*Colaboração Européia: Em contraste com o imperialismo pan-germânico e nordicismo apoiado por Hitler, Strasserismo promovia pan-Europeísmo. Esse pan-Europeísmo incluiria uma cooperação econômica entre todos os parceiros europeus, desta maneira, evitando aspectos contra-produtivos de competição econômica entre os estados.

Otto Strasser acreditava que todos os europeus eram de ascendência racial similar e, portanto, fundamentalmente rejeitava qualquer teoria de superioridade entre nacionalidades européias e suas divisões raciais. No entanto, Strasser também acreditava na preservação de culturas únicas e etnias.

*Federalismo: Otto Strasser promovia a descentralização da Alemanha; transformando a nação em diversas regiões culturais que seriam comunidades autônomas e autogovernadas, mas todas essas regiões praticariam o mesmo modelo econômico socialista.

*Socialização: Os irmãos Strasser (e muitos outros membros do NSDAP) promoviam a total coletivização dos meios de produção. Conselhos de trabalhadores governariam seu espaço de trabalho, sob a vigilância do Estado para assegurar que estes negócios estariam agindo de acordo com os interesses nacionalistas. A burguesia seria abolida e assimilada no novo modo de produção socialista. Capital financeiro também seria nacionalizado pelo Estado.

*Reforma Agrária: A facção Strasserita do NSDAP promovia a expropriação dos latifúndios na Alemanha, com a terra sendo redistribuída para os camponeses. Toda a terra seria propriedade estatal, mas famílias fazendeiras receberiam um titulo hereditário pelos lotes de terra. As fazendas permaneceriam posse de cada família até elas não mais terem descendentes para trabalhar na fazenda.


Depois da queda do Terceiro Reich, diversos partidos Nacional-Socialistas emergiram pela Alemanha e pelo mundo, os mais notáveis sendo Partido Socialista do Reich, de Otto-Ernst Remmer, e União Partidária Social Alemã, de Otto Strasser.

Partido Socialista do Reich, fundado em parte pelo governo soviético, rapidamente recebeu apoio da população da Alemanha ocidental, mas foi banido sob as leis de desnazificação estabelecidas pelo novo governo alemão.

Otto Strasser, que finalmente foi permitido retornar à Alemanha, em meados dos anos 50, quase foi preso graças a discursos anti-semitas em público quando promovia seu novo partido político. A União Partidária Social Alemã acabou por atrair poucos seguidores.

Os Nacional-Socialistas messiânicos tentam provar que a 'facção Strasser' não possuia as características verdadeiramente NS, ou que Gregor & Otto e suas idéias eram, de alguma maneira, oportunistas e estavam apenas 'usando' Hitler e o Partido para seus próprios fins bizarros e 'comunistas'. Nós achamos que essas fotografias provam mais do que palavras quando se trata sobre o quão as idéias Strasser eram levadas a sério e de como eram Nacional-Socialismo legítimo.


Artigo completo em inglês: The Third Position

9 comentários:

  1. Sou branco ma a raça branca tem o penis pequeno e pouco tesão, porisso as mulheres brancas gostam de trepar com negros e mulatos pois são potentes e isso me deixa triste e sinal de declinio da minha raça a branca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tem doença????? que opinião de merda é essa?

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  2. Claro que você é branco... "Djow"...

    ResponderExcluir
  3. strasserismo?? O verdadeiro NS??

    Strasser não foi expuso do NSDAP decada de 30 ?? e seu irmão morto no dia das facas longas??

    ùnico socialismo não comunista è o NSDAP.

    ResponderExcluir
  4. 8 de dezembro de 2010 13:25

    POIS, NÃO FOI ISSO QUE A MACACA DA SUA MÃE DISSE QUANDO VEIO DAR A BUNDA PRA MIM..ALIÁS, VC´S PRETOS VC´S ODEIAM TANTO AS PRETAS QUE ELAS SEMPRE VEM PEDIR ROLA AOS BRANCOS..HAHAAH

    ResponderExcluir
  5. UMA VADIA ESCURINHA UMA VEZ VEIO CHORAR NO MEU COLO RECLAMANDO POR QUE VC´S SÓ QUEREM VADIAS TINGIDAS MENOS ESCURINHAS..DAÍ ELA TAVA TÃO ABALADA E COM FALTA DE ROLA QUE VC´S NÃO QUEREM DAR QUE VEIO CAINDO DE BOCA NO MEU PAU..PUTZ..

    ResponderExcluir
  6. NEGRO ODEIA NEGRA, SÓ QUEREM BRANCAS, ODEIAM A PROPRIA COR, Q COMEDIA... KKKKK

    ResponderExcluir
  7. Sou branca com muito orgulho,o que define um homem para mim não é o tamanho do seu pênis, e sim sua cor e raça e ideais,resumindo(BRANCOS) brancos tem que casar com brancos,se uma mulher branca tem relações sexuais com negros ou qualquer outra espécie, já uma traidora da raça,não se deve ser igualada e nem trata como mulher,é tão lixo,como o que aceitou deitar se com ela,sendo assim,devera ser julgada e tratada como a escoria.

    ResponderExcluir