terça-feira, 16 de março de 2010

Alex Curtis: Lobos Solitários uivando para a lua

Alex Curtis conseguiu se tornar uma das pessoas mais notórias e radicais na Luta Racial. Ao lado de Metzger, foi, provavelmente, o segundo, senão primeiro, maior defensor e promotor do método Lobo Solitário, em contraste com as organizações de membros vigentes. Suas opiniões e meios maquiavélicos superaram as mais extremas já lidas e escutadas. Falando abertamente, e quase limitando-se, sobre violência, sabotagem, sedição, execuções e extermínio. Então apresentamos, pela primeira vez em português e, nesse exato momento, atrás das grades, o infame Alex Curtis:



Se (Des)Organizando
por Alex Curtis
Tradução: A White International

Muitos dos nossos leitores dizem que "nós ainda podemos recuperar o país" através da "organização." Sinto muito, mas eu não acredito nisso nem mesmo por um segundo. Considere que o grande Skorzeny percebeu que suas unidades Wehrwolf, mesmo limitadas a times de cinco homens, não conseguiam operar sem serem detectadas. Sob um governo rigidamente opressor (você acha que sofremos menos forças opressivas hoje com o FBI, ATF, etc.?), até mesmo células de 5 pessoas contém muitos familiares, dependentes, agregados, amigos, inquilinos/proprietários, sócios, etc... pendurados pelo pescoço que podem observar suas idas e vindas em "luas novas"... e que podem ser convencidos a falar. Skorzeny disse: "Uma matilha pode ser capaz de atacar sem medo e até mesmo deixar um banho de sangue pelo caminho, mas ela será rapidamente caçada. Um wehrwolf mata sozinho, caminhando no escuro, sem deixar testemunhas ou rastros de sua presença..." Skorzeny sabia do que estava falando. Você realmente acredita que qualquer "organização" abertamente racial seria permitida existir sem infiltração, listamento e disseminação de nomes, convivendo, sendo controlada de dentro por putas compradas e pagas, e, finalmente, enfrentando a vingança da "sociedade" contra seus membros? Agora, se eu realmente acredito na "autodefesa por execução preventiva" de nossos inimigos? Mas é claro! Considerando que eles vêm nos matando por décadas, com:

A. Mais de um milhão de assassinatos de Brancos, por não-Brancos livres-a-andar-por-ai em crimes de rua que as "autoridades" dizem "não ter nada a ver com crime de ódio" (tal declaração já é, em si, motivo para matar);

B. Assassinato do espírito de dezenas de milhões de Brancos vítimas de crime não-Branco que "não pode-se fazer nada a respeito" (outra declaração que merece a sentença de morte);

C. Assassinato da memória de centenas de milhões de ancestrais Brancos, pela "judeucação" por parte das escolas públicas e mídia judaica, de que nossos avós eram, sem exceção, malditos racistas moralmente inferiores até mesmo ao pior animal de rua - porque eles não deram aos negros, pedófilos, etc., o reinado sobre a nação!... e finalmente;

D. Assassinato de bilhões de nossas futuras gerações Brancas que serão mortas nas ruas de nossas cidades, escolas e vizinhanças integradas-pela-corte; abortadas; para sempre não-nascidas devido a uma falsa culpa instalada em mentes Brancas pela Judimídia e judeucação pública; e/ou mestiçagem até o fim de nossa existência devido às sugestões da MTV de que apenas whiggers serão cool o suficiente para serem permitidos no nosso futuro escuro, enquanto Brancos deveriam se odiar, em qualquer situação, por serem Brancos e oprimir os cocôs marrons desse mundo até o ponto em que eles próprios vêm a acreditar que a Raça Branca não deva continuar.

Eu acredito que um homem com roupas novas por cima de um traje de mergulho, facas novas e afiadas e uma sacola com o lixo de uma barbearia que ele nunca freqüenta pode realizar muito mais do que qualquer organização que comece hoje...... Então, no que você acredita?

2 comentários:

  1. WEHRwolf era um quartel-general do Führer, localizado na Ucrânia. WERwolf (sem o 'h'), isso sim, era a organização guerrilheira (Unternehmen Werwolf). Werwolf em alemão quer dizer Lobisomem (que age sozinho, sem precisar da matilha). Wehrwolf seria algo como "lobo de defesa", daí a nomenclatura do QG do Führer, pois este tinha o apelido de lobo, dado seu nome Adolf - no alemão antigo - significar "nobre lobo".

    ResponderExcluir